Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

semana de arte moderna
Lazer 27 de junho de 2022

Semana de Arte Moderna: o que você precisa saber

Em 1922, ocorreu a Semana de Arte Moderna, que trouxe uma série de mudanças no cenário artístico nacional. A partir desse movimento, novas tendências, rupturas e iniciativas surgiram na literatura, nas artes plásticas, na música e, até mesmo, na educação brasileira. E você? Já ouviu falar desse acontecimento que deu um show de criatividade há […]

Em 1922, ocorreu a Semana de Arte Moderna, que trouxe uma série de mudanças no cenário artístico nacional. A partir desse movimento, novas tendências, rupturas e iniciativas surgiram na literatura, nas artes plásticas, na música e, até mesmo, na educação brasileira.

E você? Já ouviu falar desse acontecimento que deu um show de criatividade há exatos 100 anos? Neste post, vamos mostrar como você pode aprender mais sobre esse evento histórico. Acompanhe e saiba mais!

Conheça mais sobre a Semana da Arte Moderna

Entre os dias 13 e 18 de fevereiro de 1922, no Theatro Municipal de São Paulo, ocorria a Semana da Arte Moderna no Brasil. Com uma proposta de quebrar os tabus que eram praticados na época, esse movimento se tornou um marco na história brasileira.

Com diversos artistas, das mais variadas áreas, reunidos em um só espaço, foi possível criar um verdadeiro intercâmbio cultural por meio das mostras, exposições e shows que fizeram parte da programação do evento. 

Ainda com influência nas tendências europeias, os artistas conseguiram trazer um toque brasileiro e dar um novo ar ao que estava em alta no país. Não é à toa que grande parte das artes contemporâneas foram inspiradas nessa época. 

Descubra a importância desse movimento

Atualmente, valorizamos bastante o que ocorreu nesse evento. Mas você sabia que, na época, os artistas foram alvos de várias críticas? Levou um tempo para que fosse reconhecida a importância do movimento.

Para entender por que isso aconteceu, é interessante ressaltar que, até então, a rica cultura brasileira não era tão representada nas artes, principalmente no que a alta sociedade consumia. O que era considerado elegante, na época, era exclusivamente internacional.

A Semana da Arte Moderna veio com o propósito de mostrar que toda a diversidade étnica, social e cultural do Brasil pode ser expressa nas mais diversas práticas artísticas. Mais que isso, é possível ter orgulho das produções que ocorrem em território nacional.

Ou seja, o movimento teve um papel fundamental na valorização dos artistas brasileiros e, sobretudo, do espírito de patriotismo da sociedade da época. Por isso, ficou tão marcado na nossa história.

Confira alguns nomes e obras importantes da Semana da Arte Moderna

Será que você conhece alguma obra da Semana da Arte Moderna? Provavelmente, sim. A seguir, confira algumas obras e nomes que fizeram sucesso no evento:

  • O Homem Amarelo, de Anita Malfatti;
  • A Estudante, de Anita Malfatti;
  • Abaporu, de Tarsila do Amaral;
  • Operários, de Tarsila do Amaral;
  • Amigos, de Di Cavalcanti;
  • Pierrete, de Di Cavalcanti;
  • Cabeça de Mulher, de Victor Brecheret;
  • Ode ao Burguês, de Mário de Andrade;
  • Os Sapos, de Manuel Bandeira;
  • Segunda Sonata, de Heitor Villa-Lobos.

Aprenda mais sobre o movimento em museus

Quer uma boa notícia? Diversas das obras que foram expostas na Semana da Arte Moderna estão disponíveis nos museus brasileiros, como o Museu de Arte de São Paulo (MASP), Museu de Arte Moderna (MAM) e no Museu de Arte Brasileira (MBA).

Sendo assim, que tal investir em mais passeios culturais da próxima vez que estiver procurando por uma atividade de lazer e educação? Assim, você e toda a sua família podem ter um pouco mais de contato com as produções da Semana da Arte Moderna e as obras artísticas brasileiras.

Gostou deste post? Então, veja mais ideias de atividades de lazer para fazer com a família!

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?