Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

Empregabilidade 21 de julho de 2021

Exaustão mental: o que é e como reconhecer os sinais

Imagine que você acabou de correr uma maratona. Seu coração está acelerado, a respiração ofegante; você sente os músculos doloridos e as pernas pesadas. Seu corpo está cansado e você sabe exatamente o que fazer: um bom banho e repouso! Com a nossa mente não é diferente. Ela também se cansa. Ao final de um […]

Imagine que você acabou de correr uma maratona. Seu coração está acelerado, a respiração ofegante; você sente os músculos doloridos e as pernas pesadas. Seu corpo está cansado e você sabe exatamente o que fazer: um bom banho e repouso!

Com a nossa mente não é diferente. Ela também se cansa. Ao final de um longo dia de trabalho, sentimos a necessidade de desligar e "esvaziar" a cabeça. 

Mas e quando não conseguimos desconectar a mente? Ela se mantém constantemente acelerada e, ao longo dos dias, o cansaço vai se acumulando… 

Sinais da exaustão mental

Quando entramos em uma rotina muito acelerada e não conseguimos um descanso efetivo, chegamos à chamada exaustão mental. Ela representa o limite daquilo que nosso cérebro consegue suportar. 

São sinais da exaustão mental: 

  • Dificuldade de concentração
  • Dores de cabeça
  • Irritabilidade
  • Distúrbios do sono (somado a sono não reparador)
  • Dores no corpo
  • Cansaço persistente 
  • Perda de apetite
  • Desânimo
  • Diminuição da memória

Se você está com esses sintomas, é importante buscar apoio profissional, pois a exaustão mental pode evoluir para outros transtornos ou até mesmo adoecer o seu corpo.

Fatores que levam à exaustão mental

Como falamos anteriormente, a exaustão está ligada a um esgotamento da mente, que pode ser resultado de:

  • Trabalho ou estudo excessivo (longas horas do dia sem intervalo)
  • Uso excessivo de redes sociais
  • Estresse constante
  • Ansiedade e depressão

A pandemia e o esgotamento

Estresse, ansiedade e depressão são os principais ingredientes da exaustão. Sendo assim, a pandemia nos tornou muito mais suscetíveis a alcançar esse estado limite.

Preocupações constantes com a nossa saúde e a de quem amamos, a incerteza quanto ao futuro, pouco convívio social e acúmulo de trabalho e funções (em razão do home office e do isolamento) são alguns dos fatores que nos levaram a essa condição.

Por isso, não se cobre tanto. Tudo bem não estar bem. Estamos vivendo um momento extremamente desafiador para toda a humanidade.

Dicas para evitar a exaustão mental

Por mais atribulado que você esteja, é necessário “desligar” do trabalho e dos estudos por alguns momentos do seu dia. Sua mente precisa relaxar e há maneiras de ajudá-la a fazer isso:

  • Fazer caminhadas 
  • Ouvir música
  • Desconectar das redes sociais por alguns momentos (principalmente na hora das refeições)
  • Beber bastante água
  • Tirar pequenos intervalos ao longo do dia
  • Usar o horário do banho como um momento de relaxamento
  • Meditar
  • Tirar férias

No entanto, se ainda assim a exaustão te pegar, não hesite em buscar a ajuda de um profissional (psicólogos, psiquiatras e/ou terapeutas). A nossa saúde (física e mental) é o que há de mais importante e precisamos cuidar muito bem dela!

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?