Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

Cursos Preparatórios 9 de julho de 2021

Tudo o que você precisa saber sobre o Novo Ensino Médio

O Novo Ensino Médio será instituído nas escolas a partir de 2022. A nova estrutura visa promover ao aluno maior autonomia em sua carreira acadêmica e profissional. O modelo foi proposto em 2017, por meio de uma PEC e, posteriormente, instaurado pela Lei nº 13.415/2017. A nova forma de ensinar no Brasil quer mostrar ao […]

O Novo Ensino Médio será instituído nas escolas a partir de 2022. A nova estrutura visa promover ao aluno maior autonomia em sua carreira acadêmica e profissional.

O modelo foi proposto em 2017, por meio de uma PEC e, posteriormente, instaurado pela Lei nº 13.415/2017. A nova forma de ensinar no Brasil quer mostrar ao estudante o seu protagonismo frente à educação.

Além de Matemática e Português como matérias na Base Nacional Comum Curricular, o estudante poderá trilhar uma jornada escolhendo até mesmo cursos técnicos e profissionalizantes.

Quais mudanças vão acontecer com a Nova Estrutura de Ensino no Brasil?

A ampliação da carga horária letiva é uma das mudanças mais importantes da nova estrutura curricular.  Além disso, um dos principais objetivos do Novo Ensino Médio é trabalhar no desenvolvimento do projeto de vida dos estudantes e ajudá-los a fazer escolhas para o seu futuro baseadas em suas competências e pretensões.

 

Como será essa nova estrutura curricular?

A BNCC (Base Nacional Comum Curricular) começou a ser elaborada em 2015, a partir da análise do que era ensinado nas escolas do país, com o objetivo de criar um referencial do que é esperado para que os estudantes aprendam nas escolas das redes pública e privada de todo o Brasil.

Resumindo, ela define referências para o desenvolvimento dos currículos, tendo como base uma série de conhecimentos e habilidades esperadas para cada ano escolar.

A BNCC do Ensino Médio é dividida em quatro grandes áreas de conhecimento — Linguagens e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Esses caminhos de aprendizagem ocuparão 1800 horas da carga horária total dos estudantes no período de três anos do Ensino Médio. 

Os outros 1200 - que somados totalizam os 3000 da nova carga horária — serão flexíveis para o próprio aluno selecionar, com a inclusão do quinto módulo que é a Educação Técnica e Profissional.

O que são os itinerários formativos?

Os itinerários formativos são o que definem a base letiva de ensino. Eles consistem em conjuntos de disciplinas, projetos, oficinas, núcleos de estudos e outras possibilidades que os estudantes terão para escolher.

Cada instituição de ensino decidirá,  de acordo com a demanda dos estudantes, qual itinerário formativo oferecer.

Qual será a carga horária do Novo Ensino Médio?

A carga horária do Novo Ensino Médio sofrerá mudanças consideráveis para o próximo período.

Com a nova Lei do Ensino Médio serão ampliadas de 800 horas anuais para 1000 as horas em que os estudantes deverão estar no ambiente letivo.

Essa mudança se deve ao Ministério da Educação querer ampliar a oferta dos alunos em tempo integral no ensino básico.

Ensino Médio e ENEM: o que vai acontecer? 

Com o novo molde da educação no Brasil, o maior vestibular do país também terá de passar por grandes transformações, para se adequar aos novos conteúdos.

No entanto, até o momento, a prova anual segue tendo o mesmo formato.

Como funcionará o Ensino Médio para os docentes?

A reforma do ensino médio também engloba os profissionais da educação. Agora, os docentes lecionarão por áreas de conhecimento e não mais por uma disciplina específica.

No que se refere ao campo Profissional e Técnico de excelência, os profissionais com grande nível de conhecimento em suas áreas de atuação poderão lecionar nos cursos técnicos. 

Assim, um arquiteto poderá dar aulas no curso técnico de edificações, por exemplo.

Como serão as disciplinas do Novo Ensino Médio?

Antes, os conhecimentos ensinados nas salas de aula eram feitos por disciplina — Matemática e Português, por exemplo —; agora, o estudante aprenderá por áreas de conhecimento.

Português faz parte de Linguagens e matérias como Sociologia e Filosofia integram Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Somadas, elas formam a estrutura com os quatro eixos de ensino — Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Além dessas, o estudante terá que escolher logo em seu primeiro ano do Ensino Médio qual itinerário dará continuidade — de acordo com aquilo que tiver como projeto de vida — com as seguintes bases:

  • Matemáticas e suas Tecnologias;

  • Linguagens e suas Tecnologias;

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

  • Ciências Humanas e Sociais Aplicadas;

  • Formação Técnica e Profissional (FTP).

O que acontece com o Inglês?

Diferente do atual ensino médio, o ensino da língua inglesa passa a se tornar obrigatório com a nova estrutura curricular. A BNCC do Ensino Médio organiza a nova estrutura com base em cinco eixos de aprendizagem: leitura, oralidade, escrita, dimensão intercultural e conhecimentos linguísticos.

O que muda com o novo ensino médio

Gostou desse conteúdo? Temos muito mais para você em nosso Blog.

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?