Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

Sem categoria 17 de agosto de 2021

Quais exames preventivos femininos são necessários fazer anualmente? Veja!

Fazer o check-up médico com regularidade é fundamental para realizar um bom acompanhamento da saúde. É por isso que os exames preventivos femininos são recomendados a cada ano para todas as mulheres. Essa rotina de cuidados ajuda a monitorar o estado de saúde de cada pessoa e a realizar um diagnóstico precoce, em caso de […]

Fazer o check-up médico com regularidade é fundamental para realizar um bom acompanhamento da saúde. É por isso que os exames preventivos femininos são recomendados a cada ano para todas as mulheres.

Essa rotina de cuidados ajuda a monitorar o estado de saúde de cada pessoa e a realizar um diagnóstico precoce, em caso de surgimento de uma doença. Por esse motivo, os exames preventivos femininos fazem parte das boas práticas de autocuidado e manutenção do bem-estar.

Neste post, reuni os exames mais comuns para monitorar a saúde da mulher. Acompanhe e entenda a importância de mantê-los em dia!

Qual é a importância de realizar os exames preventivos femininos?

Muitas doenças e condições de saúde podem se manifestar silenciosamente, sem nenhum sintoma. É por isso que realizar exames periódicos é fundamental para detectar os primeiros sinais de uma patologia ou de alguma alteração no organismo de uma pessoa.

Desse modo, os exames preventivos femininos têm como principal objetivo ajudar na prevenção do surgimento de doenças, como endometriose, HPV, candidíase, câncer de mama ou de ovário, entre outras.

Ao se tratar da saúde feminina, os exames ginecológicos são ainda mais importantes, pois permitem analisar os órgãos reprodutivos e os hormônios envolvidos no ciclo menstrual, ovulação, gravidez e demais processos pelos quais uma mulher pode passar.

Além disso, fazer exames preventivos regularmente é importante para realizar a monitoração e o acompanhamento do uso de medicamentos, como o anticoncepcional.

Quando é necessário realizar exames preventivos?

Os exames preventivos são recomendados a partir da primeira menstruação da mulher e devem ser realizados ao longo de toda a sua vida, mesmo após o início do climatério e da menopausa.

A maioria dos exames é realizada após a primeira relação sexual. Contudo, as consultas anuais são necessárias desde o começo da adolescência, com a chegada da menarca, para a realização de exames laboratoriais e de imagem.

O ideal é que o check-up seja realizado anualmente. No entanto, pacientes que apresentam algum quadro que precisa de atenção costumam ser orientadas a realizarem os exames em um menor intervalo de tempo.

Quais exames preventivos as mulheres devem fazer todo ano? 

Para saber como será o check-up, primeiramente, é preciso realizar uma consulta médica na especialidade de Ginecologia. Para praticamente todas as pacientes serão solicitados exames de sangue.

Desse modo, de acordo com a avaliação médica e os relatos dados pelas pacientes, cabe ao ginecologista identificar os demais exames que devem acompanhar o check-up de mulher. Ou seja, não existe um padrão indicado para todas, pois é preciso analisar as condições individuais de cada pessoa.

No entanto, existem alguns exames preventivos femininos, além dos de sangue, que costumam ser solicitados anualmente. A seguir, veja os principais!

Papanicolau

O exame de Papanicolau nada mais é do que uma coleta feita por meio de uma raspagem do colo do útero. O procedimento é indolor, porém, pode causar alguns desconfortos. Por meio dessa amostra, é possível identificar infecções ou anomalias que podem indicar doenças no sistema reprodutor.

Esse exame é indicado para todas as mulheres que já deram início à vida sexual ou com mais de 25 anos. Quando esse procedimento é realizado anualmente, é possível realizar um acompanhamento da saúde íntima e acompanhar tratamentos, como o uso do DIU.

Além disso, o Papanicolau contribui para o diagnóstico precoce de doenças graves, como o câncer de útero, aumentando consideravelmente as chances de sucesso no tratamento.

Ultrassonografia pélvica

A ultrassonografia pélvica é um exame que mostra imagens das condições internas do corpo, como os ovários, a bexiga e o útero. Esse é um procedimento importante para a detecção de doenças e condições, como ovários policísticos, mioma uterino e endometriose.

Além de ser fundamental para o check-up médico, esse exame pode ser solicitado em casos de irregularidade menstrual, infertilidade, sangramento vaginal, dores na região da pelve, entre outros casos.

A ultrassonografia pode ser transvaginal, feita com a introdução de um aparelho para captar imagens nítidas da parte interna do sistema reprodutor, ou abdominal, realizada de maneira tópica sobre a região pélvica. O segundo procedimento é indicado para mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual.

Ultrassom da tireoide

A tireoide é uma glândula fundamental para a produção de hormônios sexuais femininos. Qualquer irregularidade nesse órgão pode interferir no funcionamento do metabolismo e na produção de substâncias importantes para a saúde menstrual e fertilidade da mulher.

Por esse motivo, em alguns casos, principalmente quando os exames de sangue indicam alguma alteração na produção de hormônios relacionados à tireoide, é indicada a ultrassonografia.

Como a tireoide fica na parte anterior do pescoço, o exame de imagem é feito nessa região. Esse procedimento ajuda a identificar casos de hipertireoidismo, hipotireoidismo ou câncer nessa glândula.

Mamografia e ultrassom das mamas

As mamas são órgãos sensíveis, que podem ser acometidos por doenças graves, como o câncer de mama. Por isso, é sempre aconselhável o autoexame, que consiste em apalpar os seios para verificar se não há a presença de nódulos ou anomalias.

Além disso, existem outros exames fundamentais para avaliar o órgão. A mamografia é um deles, realizada uma vez ao ano, em mulheres de idade superior aos 35 anos. No entanto, em casos de histórico de câncer de mama na família, o ideal é que o exame seja iniciado a partir dos 30 anos.

Esse é um exame de imagem que permite identificar assimetrias, lesões, anomalias ou nódulos nas mamas. O procedimento é um dos principais métodos para a prevenção do câncer de mama e acompanhamento da saúde da mulher.

A ultrassonografia na região mamária também é um dos procedimentos preventivos de rotina para as mulheres. Costuma ser realizada nos casos em que os resultados dos exames foram inconclusivos, embora não dispense a necessidade de realizar o autoexame e a mamografia.

Como o Cartão de TODOS pode ajudar?

O Cartão de TODOS é uma iniciativa que visa tornar os serviços de saúde mais acessíveis a todos. Com ele, os usuários pagam preços fixos nas consultas médicas e recebem descontos para a realização de exames.

Desse modo, com os benefícios do Cartão de TODOS, é possível realizar os exames preventivos femininos por um preço que cabe no bolso e manter a saúde em dia, dando ainda mais atenção ao bem-estar.

Quer saber como conseguir esses benefícios? Entre em contato com a equipe e saiba como solicitar o seu Cartão de TODOS!

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?