Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

psicólogo para crianças
Crianças 29 de março de 2022

Psicólogo para crianças: confira a importância desse profissional

Buscar ajuda profissional é a melhor atitude que tomamos, principalmente quando se trata de saúde. E, para isso, não tem idade ou restrições, sendo o psicólogo para crianças um exemplo importante. Muita gente pensa que o tratamento psicológico é coisa para adulto, mas isso não é verdade. Ter esse tipo de acompanhamento pode fazer toda […]

Buscar ajuda profissional é a melhor atitude que tomamos, principalmente quando se trata de saúde. E, para isso, não tem idade ou restrições, sendo o psicólogo para crianças um exemplo importante.

Muita gente pensa que o tratamento psicológico é coisa para adulto, mas isso não é verdade. Ter esse tipo de acompanhamento pode fazer toda a diferença para um crescimento saudável e qualidade de vida dos mais jovens.

Quer saber mais sobre isso? Neste post, contamos tudo para você!

Quando procurar psicólogo para crianças?

Na realidade, não é preciso detectar um problema grave para procurar acompanhamento psicológico. Sabemos que a constatação de alguma dificuldade emocional é o principal gatilho na busca do profissional. Porém, ter alguém para ajudar a lidar com as nossas emoções e desafios pessoais pode ser proveitoso em qualquer momento da vida.

Contudo, é comum que os pais façam isso diante de determinados sinais, como:

  • comportamentos agressivos;
  • tristeza e apatia;
  • dificuldade de convivência;
  • problemas relacionados ao aprendizado escolar;
  • agitação e déficit de atenção;
  • fases complicadas (luto, mudanças, separações etc.).

Ficar atento à criança é fundamental para perceber qualquer indício em seu comportamento no dia a dia, procurando ajuda antes que os problemas se intensifiquem e sejam arrastados por anos. Muitas vezes, nada de grave acontece, mas cada pessoa reage de uma maneira diferente. Assim, oferecer apoio é o mais importante.

A maneira mais fácil de perceber tudo isso é fazer parte da rotina com o olhar atento. Os momentos mais simples, como cozinhar com as crianças, colocá-las para dormir ou uma conversa no trajeto para a escola, são ótimos para identificar os sinais. Ou seja, é essencial demonstrar interesse em participar da vida delas para se abrirem ou pelo menos expor algumas reações.

Qual é a importância do acompanhamento psicológico para crianças?

O tratamento psicológico é importante em qualquer fase da vida, mas na infância esse acompanhamento pode ser ainda mais significativo pela dificuldade das crianças em entenderem suas emoções e lidar com elas.

Por exemplo, quando um adulto passa por um luto pela morte de alguém, ele tem um pouco mais de consciência sobre todo o processo. Já a criança, muitas vezes não sabe o que está sentindo, por que está com aquele sentimento e o que fazer com ele.

Então, o psicólogo usa todo seu conhecimento e ferramentas para ajudar no desenvolvimento cognitivo e emocional. A capacidade de concentração, a expressão de alguns sentimentos, os relacionamentos sociais e a autoestima são exemplos de questões comuns tratadas na psicoterapia infantil.

O principal objetivo é garantir o bem-estar da criança. Então, oferecer suporte para ela e orientar a família sobre como agir em determinadas ocasiões é fundamental.

Quais são os benefícios desse acompanhamento?

Os resultados do tratamento estão normalmente ligados ao problema que é identificado em cada caso. Logo, isso vai depender muito do que a criança está passando. Aproveite para entender melhor os benefícios do acompanhamento psicológico infantil.

Alívio do sofrimento

O sofrimento pode ter uma causa aparente ou não, mas a realidade é que não é saudável conviver com ele. Inclusive, a depressão infantil é um tipo de transtorno mais comum do que podemos imaginar. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, o número de crianças e adolescentes depressivos é crescente, sendo uma estatística preocupante.

Além da tristeza e outras reações emocionais, isso também pode afetar diretamente a saúde física da criança. O ideal é conduzir a superação desse estado para um comportamento com mais segurança, leveza e felicidade.

Descoberta de causas comportamentais

Você já ouviu falar que filho não vem com manual de instrução? Pais e mães ficam confusos com algumas situações que surgem, o que é natural. Uma mudança brusca de postura ou resistência em fazer determinadas coisas causam surpresa. Alguns exemplos são: choros para ir para escola, pesadelos à noite, demora para desenvolver certas habilidades ou comportamentos agressivos.

É difícil identificar qual a motivação de cada comportamento, e a Psicologia ajuda muito nesse sentido. Essa descoberta faz toda a diferença para tratar a causa do problema e não somente as consequências.

Suporte na evolução no aprendizado

Uma vertente importante da Psicologia infantil é a educação. O aprendizado é um processo complexo e, como cada criança é única, dificilmente ele será uniforme para todos os alunos de uma sala de aula, por exemplo.

Muitas escolas têm o suporte de psicólogos, mas é claro que essa também é uma preocupação da família. Por isso, o acompanhamento com um profissional é capaz de auxiliar na evolução do aprendizado das crianças, evitando principalmente que isso se torne uma questão traumática para elas.

Orientação familiar

Por não saberem como agir, os pais podem buscar o acompanhamento psicológico para os filhos também como forma de ajudá-los na criação. O comportamento dos próprios adultos pode influenciar muito na saúde mental infantil, por mais que o intuito seja sempre promover o bem.

Como escolher um bom psicólogo?

Essa é uma tarefa que requer atenção, já que ter um bom profissional com certeza faz toda a diferença. Então, temos algumas dicas para quem não sabe como fazer a melhor escolha:

  • procure referências com amigos e conhecidos;
  • confirme se o profissional é realmente formado em Psicologia e está habilitado para exercer a profissão;
  • pesquise sobre as linhas de trabalho do psicólogo;
  • marque uma consulta para conhecer melhor o profissional e leve a criança em outra ocasião para fazer o mesmo.

Enfim, o mais importante é encontrar alguém com uma boa formação e que também reúna características comportamentais interessantes, como empatia, sensibilidade, carisma e paciência. Tudo isso ajuda a aproximar a relação entre o profissional e seu paciente, contribuindo para que os resultados do tratamento sejam os melhores possíveis.

E, claro, entenda que o psicólogo para crianças desempenha um trabalho fundamental na sociedade. Buscar esse tipo de profissional não deve ser encarado como algo ruim. Ao contrário, é um privilégio contar com especialistas e boas pessoas no desenvolvimento do seu filho.

Gostou do artigo? Então, aproveite para conhecer melhor o Cartão de TODOS e suas formas de pagamento, lembrando que com ele você consegue marcar consultas com ótimos psicólogos por um preço mais acessível!

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?