Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

Solidariedade 11 de setembro de 2020

Onda solidária de rifas e vaquinhas se espalha durante a pandemia

Enquanto aguardamos por dias melhores, com a chegada definitiva da vacina contra o Covid-19 e a retomada da economia, assistimos a milhares de iniciativas criativas e solidárias para a população seguir em frente. Rifas A época de isolamento social e crise causada pela pandemia do Coronavírus viu florescer uma onda de solidariedade, que estabeleceu uma […]

Enquanto aguardamos por dias melhores, com a chegada definitiva da vacina contra o Covid-19 e a retomada da economia, assistimos a milhares de iniciativas criativas e solidárias para a população seguir em frente.


Rifas

A época de isolamento social e crise causada pela pandemia do Coronavírus viu florescer uma onda de solidariedade, que estabeleceu uma cultura de apoio e de doação. Foi nesse contexto que foram resgatadas as rifas – uma forma antiga de levantar um dinheiro extra para a renda familiar, bastante presente nas décadas de 1980 e 1990. Diversas pessoas adotaram as rifas (em cartelas físicas ou virtuais) como forma de manter as contas do lar em dia ou levantar recursos diante de emergências.


Ajuda e diversão

O apoio e a adesão daqueles que podem colaborar foram instantâneos: não só pela vontade de ajudar a quem precisa, mas também como uma maneira de resgatar do passado esse hábito divertido e cheio de boas recordações.


Vaquinhas

Numa outra ponta, explodiram pela internet as vaquinhas virtuais, com diversas finalidades de apoio financeiro a populações que ficaram mais vulneráveis durante a pandemia. No Rio de Janeiro, uma vaquinha solidária para ajudar os vendedores de mate fez sucesso e a arrecadação “caiu do céu” para estes trabalhadores, que ficaram sem ganhos com as praias vazias. Já em São Paulo, mais de 2 mil famílias de catadores de recicláveis foram remuneradas com uma ajuda financeira por meio de uma vaquinha virtual.


Cultura da doação

Além de ajudar a quem precisa, divertir-se e praticar o bem, quem adere a iniciativas como as vaquinhas e rifas está fazendo parte também, mesmo às vezes sem tomar completo conhecimento, de um projeto muito maior: a inclusão numa cultura de doação, que tende a criar impactos econômicos positivos e ser agente de transformação social.

Uma cultura de doação forte diz muito sobre a maturidade e consciência coletiva de uma sociedade. E durante a pandemia, foi possível notar que essa cultura se fortaleceu no Brasil e no mundo.

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?