Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

dor de barriga
Saúde 14 de março de 2022

Estou com dor de barriga. O que fazer? Descubra aqui

Está sentindo dor de barriga e não sabe o que fazer? Esse desconforto pode surgir por diversas causas, e investigar os motivos é a primeira decisão que você precisa tomar para encontrar as melhores soluções para o problema. A região da barriga concentra diversos órgãos importantes para as funções vitais. Desse modo, é preciso entender […]

Está sentindo dor de barriga e não sabe o que fazer? Esse desconforto pode surgir por diversas causas, e investigar os motivos é a primeira decisão que você precisa tomar para encontrar as melhores soluções para o problema.

A região da barriga concentra diversos órgãos importantes para as funções vitais. Desse modo, é preciso entender qual deles está sendo afetado e os porquês disso. Neste post, entenda mais sobre o assunto e saiba como lidar com a dor de barriga!

Quais são os sintomas de dor de barriga?

O desconforto na barriga pode vir acompanhado de diversos outros sintomas, que também merecem atenção, como:

  • dificuldade de urinar ou defecar;
  • náuseas;
  • vômito;
  • inchaço;
  • mudanças no apetite;
  • febre;
  • sensibilidade abdominal ao toque;
  • sensação de queimação na garganta e no estômago.

O que pode causar dor de barriga?

Identificou algum desses sintomas? Então é hora de considerar os principais motivos que podem causar esse incômodo. A seguir, confira alguns problemas que provocam dores de barriga!

Infecções

Infecção é o nome dado à presença de agentes externos estranhos no corpo, como bactérias, fungos, vírus e parasitas. A invasão desses microrganismos pode se dar por diversos motivos.

No entanto, quando o assunto é dor de barriga, duas são as principais entradas: pelo sistema digestivo ou pelo sistema excretor. No primeiro caso, alimentos ou água contaminada podem fazer com que esses agentes de infecção entrem em contato com o seu corpo.

Já quando a entrada desses microrganismos ocorre pelo sistema excretor, pode indicar problemas de higiene ao usar o banheiro ou no contato direto com ambientes diferentes, como espaços públicos.

Infecções costumam estar acompanhadas de outros sintomas, principalmente a febre. Ao notar a presença desses sinais, é fundamental procurar atendimento médico para descobrir quais são os agentes que estão causando as dores.

Intolerância

Algumas pessoas têm sensibilidade a determinadas substâncias presentes em diversos alimentos, como glúten e lactose. O nome dado a essa condição é intolerância alimentar.

No entanto, esse é um problema que pode se manter assintomático por muito tempo. Além disso, em algumas pessoas, as reações são leves, causando dores abdominais apenas com a ingestão de grandes quantidades do alimento.

Desse modo, é importante avaliar se os desconfortos são frequentes. Caso isso ocorra, dê atenção à sua alimentação e tente identificar o que tem sido consumido nos dias em que as dores surgem.

Aos poucos, procure eliminar esses itens, até conseguir entender melhor quais são os alimentos que você tem intolerância. O auxílio de um nutricionista nesse momento é essencial.

Doenças inflamatórias

Quando o corpo detecta a invasão de agentes externos, células de defesa são ativadas para combater esses microrganismos. O nome dado a essa reação é inflamação. No entanto, ela pode acontecer também quando o seu organismo se confunde e reage contra ele mesmo.

Dessa forma, é importante avaliar também as mudanças que ocorreram no seu corpo na presença dos sintomas e apresentá-las ao consultar um profissional de saúde. Afinal, isso podem ser um sinal de doenças inflamatórias que afetam o sistema gastrointestinal e provocam dores abdominais, como:

Estresse e ansiedade

Sabia que o estado mental e emocional também interfere diretamente no corpo? O excesso de estresse e o aumento da ansiedade são exemplos de como isso acontece e pode trazer sintomas, como a dor de barriga.

Tenha em mente que, nesse caso, o desconforto é uma reação natural às alterações da sua condição mental do momento. A melhor maneira de lidar com esse problema é evitar as fontes de estresse e tentar encontrar estratégias para se tranquilizar.

Excesso de gases

Muitas vezes, o que está causando desconforto na barriga é apenas o excesso de gases. Isso ocorre ao consumir bebidas gaseificadas ou alimentos com fermentação, assim como pode ser resultado da ingestão de ar enquanto come.

Quando acontece o acúmulo de gases intestinais ou estomacais, as dores abdominais podem ser intensas, causando preocupações. No entanto, nesse caso, o desconforto é amenizado com massagens na barriga e enquanto os gases são liberados.

O que pode ser feito para garantir a saúde do estômago?

Como visto, muitas das causas da dor de barriga estão relacionadas ao estômago. Desse modo, cuidar da saúde desse órgão é uma excelente maneira de prevenir desconfortos. Veja como fazer isso!

Mantenha a saúde mental em dia

A saúde mental está totalmente alinhada com o bem-estar físico. Dessa forma, quando você consegue encontrar o equilíbrio, a qualidade de vida é preservada. Para dar mais atenção às demandas emocionais, é importante:

  • evitar situações e ambientes estressantes;
  • prezar por um bom descanso;
  • ter momentos de lazer;
  • procurar apoio psicológico.

Adote uma alimentação saudável

Uma alimentação equilibrada, sem excessos ou restrições, garante que o seu organismo receba todos os nutrientes necessários para fazer uma boa manutenção. O resultado disso? Maior disposição, diminuição das chances de problemas de saúde e, principalmente, menos dores.

Hidrate-se

A hidratação também é um fator essencial para o seu bem-estar e sua saúde, no geral. O ideal é consumir de 2 a 3 litros de água diariamente, além de dar preferência por sucos naturais e chás no dia a dia.

Por que é importante consultar o médico?

É válido ressaltar a importância de consultar um profissional especializado ao detectar a presença de algum dos sintomas listados, junto à dor de barriga. O médico dará as orientações necessárias para lidar com o desconforto e ajudará a entender as causas.

Além disso, em caso de persistência dos sintomas, é o profissional da saúde que se encarregará de solicitar os exames, fazer o diagnóstico e acompanhar o tratamento, a fim de encontrar as melhores soluções para restaurar o bem-estar dos pacientes.

Sendo assim, sempre que sentir dor de barriga e não souber o que fazer, lembre-se de prestar atenção nos sinais que o seu corpo está dando. Outra atitude essencial é buscar apoio de profissionais de saúde especializados para atender a essas demandas, como um gastroenterologista, sempre que os sintomas persistirem ou trouxerem muito incômodo no dia a dia.

Este post ajudou você? Então continue lendo sobre saúde e bem-estar. Entenda como a Medicina Preventiva pode evitar uma série de problemas!

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?