Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

Empregabilidade 14 de dezembro de 2020

A necessidade é mãe da criatividade!

Se você trabalha no mundo corporativo, já deve ter ouvido sobre a importância de ser criativo. Essa é uma das chamadas soft skills que são mais valorizadas hoje em dia no campo profissional, mas não está restrita a esse universo.  Creatus A palavra criatividade vem do latim – creatus – e significa criar. Dessa forma, […]

Se você trabalha no mundo corporativo, já deve ter ouvido sobre a importância de ser criativo. Essa é uma das chamadas soft skills que são mais valorizadas hoje em dia no campo profissional, mas não está restrita a esse universo. 

Creatus

A palavra criatividade vem do latim - creatus - e significa criar. Dessa forma, uma pessoa criativa é, literalmente, aquela que tem capacidade de criar algo.

Você pode estar se perguntando como isso se encaixa na sua vida, certo?

Sim, no nosso mundo atual, a criatividade parece ter ficado restrita ao contexto artístico. Um pintor cria as suas pinturas, o escultor suas esculturas e, por isso, faz sentido que eles sejam chamados de criativos. No entanto,  a verdade é que a capacidade criativa é bastante democrática: existe para todos. 

Homo Ludens

O historiador e escritor holandês Johan Huizinga nos mostra, em seu livro Homo Ludens, que o ser humano possui três dimensões: Sapiens é a nossa parte que pensa; Faber, a que faz; e Ludens, a que sente e brinca. Nós aprendemos isso com os nossos parceiros do Relações Simplificadas, Nina e Francisco.

É como se todos nós nascêssemos com uma caixa de ferramentas igual, mas, ao longo da vida, fôssemos deixando algumas delas de lado. Sabemos da importância de pensar e de fazer, mas esquecemos o quanto brincar é fundamental. Olhe para uma criança: ela articula muito bem essas três dimensões; não precisa abrir mão da sua ludicidade para pensar e executar suas tarefas. Pelo contrário: quanto mais brinca, mais descobre novas formas e soluções para as suas ações do dia a dia.

Isso acontece porque a criatividade é filha da liberdade e da necessidade! É quando surge um problema que você se sente estimulado a buscar uma (nova) solução. Ao mesmo tempo, se você, por alguma razão, foi tolhido em sua liberdade - aprendeu a viver sob regras muito rígidas, por exemplo -, a sua criatividade pode encontrar dificuldade para emergir.

E pra quê serve essa tal criatividade?

Se você ainda tem dúvidas sobre a importância da criatividade, vamos fazer uma viagem no tempo. 

Uma das grandes revoluções na história da humanidade foi a descoberta de como produzir fogo. Imagine viver em um ambiente inóspito, frio, sob a ameaça frequente de ataques de animais, sem fogo para se aquecer ou cozinhar. Pois bem, essa era a vida dos homens até cerca de 7 mil anos antes de Cristo. 

Foi através da criatividade que descobrimos que a fricção entre duas pedras ou dois gravetos era capaz de produzir uma centelha e, consequentemente, fogo!

Das fogueiras, passamos às velas, às lamparinas, até que o homem pensou que deveria ter uma forma mais interessante de iluminar os ambientes. Então: a energia elétrica, a lâmpada, a lâmpada fria, a luz de LED …. e o que mais vier pela frente.

A criatividade humana é regida pela filosofia do Buzz Lightyear: ao infinito e além!

Dicas para ser mais criativo

A partir disso, podemos perceber que a criatividade é fundamental para toda e qualquer pessoa que queira crescer e empreender em sua trajetória profissional.

Vamos, então, ver alguns pontos que são importantes para estimular essa soft skill

          QUESTIONE:

O pensamento crítico é uma peça fundamental para criar novas rotas em antigos caminhos. Se nos conformamos com a forma como as coisas estão, nunca teremos o ímpeto de mudar.

ENTENDA O PROBLEMA:

Soluções criativas surgem quando temos um bom entendimento do problema. É preciso entender todas as suas nuances para pensar na melhor forma de resolvê-los (trazendo para a realidade: só alguém muito familiarizado com as dificuldades do uso do fogão à lenha, por exemplo, poderia pensar em construir um fogão à gás)

BIG PICTURE:

Os estadunidenses falam muito que precisamos aprender a analisar “the big picture”, ou seja, olhar a imagem completa. Isso significa que, muitas vezes, por estarmos inseridos em um problema, vemos apenas um pequeno pedaço dele. Mas a vida é uma grande cadeia de acontecimentos e nada se dá de forma isolada. 

Quais soluções ousadas e eficazes aparecem para mim quando eu arrisco analisar o cenário todo e não apenas o problema?

A CURIOSIDADE MATOU O GATO, MAS NÃO VOCÊ!

Seja curioso! Não se prenda àquilo que você já sabe!

Tempos atrás, falamos sobre o mundo VUCA  e vimos que vivemos em uma realidade de transformações profundas e contínuas. Por isso, pesquise, se informe, busque as novidades da sua área e estude muito! Isso fará com que você saia na frente e esteja sempre antenado nas novas tendências!

COMPRE UM CADERNINHO:

Como falamos acima, a criatividade é filha da liberdade. Então, boas ideias surgem em momentos muito aleatórios: em um sonho, na hora do banho, enquanto você corre… Por isso, uma boa maneira de não deixar que elas escapem, é ter sempre um caderninho de anotações com você (tá bom, pode ser um app de notas no seu celular ;)

ACREDITE EM VOCÊ:

Insegurança é obstáculo para a criatividade. Acredite no seu potencial, confie na sua capacidade e veja a transformação que isso trará para a sua vida.

Albert Einstein uma vez disse:

O segredo da criatividade está em dormir bem e abrir a mente para as possibilidades infinitas. O que é um homem sem sonhos?

 

Nos vemos na próxima semana!

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?